Buggy_vlubambo-8578

DE CARONA NO BUGUE PELAS BELEZAS DE PORTO DE GALINHAS.

Avalie esse destino

Esqueça o táxi ou o carro particular. Quem desbrava Porto de Galinhas tem de incorporar o espírito aventureiro e encarar o passeio de bugue pelos 18 quilômetros de litoral. A brisa do mar, o cenário azulado das águas cristalinas e os caminhos pelos coqueirais são experiências e sensações recompensadoras. O roteiro encantador pode durar de três a seis horas e custar entre R$ 180 e R$ 250, para quatro pessoas.

 

1-    Segurança e qualidade

O bugue é um transporte popular e reúne uma frota de 300 veículos no município do Ipojuca. Mas é recomendável contratar o serviço de profissionais credenciados. Para diferenciá-los é simples: basta checar a cor da placa do veículo. Se for vermelha, são veículos legalizados e conduzidos por profissionais capacitados, afiliados à Associação dos Bugueiros de Porto de Galinhas.

 

2-    Saída

O ponto de partida não poderia ser melhor: o próprio hotel! Tome café e dirija-se à recepção do estabelecimento para agendar o passeio e aguardar sua carona chegar. O ideal é partir pela manhã, entre 8 e 9h. Não se esqueça de vestir trajes de banho e/ou roupas leves.

 

3-      Muro Alto

O veículo segue por uma estrada de terra até chegar em Muro Alto. Na primeira parada está o melhor ângulo para fotografar a praia cercada por recifes de corais. Vale a pena descer por uma trilha até a areia e curtir um banho de mar.

 

4-    Coqueirais

O bugue segue em direção à praia do Cupe, passando por uma estrada próxima ao mar. A via corta uma área repleta de coqueiros ao redor, com uma pista plana de areia. Agarre-se ao veículo porque ele percorre o trecho com muita emoção!

 

5-    Pontal de Maracaípe

Ao deixar Cupe, o bugue percorre um atalho e retorna para a praia, onde é possível ver casas de veraneio e pousadas. Mas o destino é o Pontal de Maracaípe. Lá, o transporte motorizado dá lugar às jangadas que convidam os turistas a passear por entre os mangues e pelo curso do rio até alcançar o mar. O local tem um pôr do sol admirável, além de ser convidativo ao banho de rio e a um drinque sentado na areia.

 

6-    Última parada

Ao término da programação, o motorista pode deixar os viajantes no hotel. Mas a dica é descer na praia de Maracaípe para almoçar ou descansar no João Restaurante. Além de rede e música ao vivo, há uma piscina de frente para praia e um saboroso cardápio com pescados, petiscos e caipirinhas de frutas regionais! Vale a pena terminar a tarde lá!

 

Mais informações (81) 3552-3236 Acesse www.portodegalinhas.org.br

 

Você também pode gostar de: